domingo, 17 de novembro de 2019

Com aumento da fiscalização, apreensão de cocaína bate recorde em 2019

Com aumento da fiscalização, apreensão de cocaína bate recorde em 2019

As apreensões de cocaína pela Receita Federal bateram recorde neste ano e somaram 47,1 toneladas de janeiro a outubro. O resultado supera em quase 50% as 31,5 toneladas apreendidas em todo o ano de 2018.
O porto que mais registrou apreensões neste ano foi o de Santos (SP), com 18,9 toneladas. Em seguida vêm os portos de Paranaguá (PR), com 13,5 toneladas; de Natal, com 4,4 toneladas, e de Itajaí (SC), com 3,7 toneladas. Segundo a Receita, a maior parte da droga foi identificada em cargas que seriam exportadas para a Europa e a África.
De acordo com a Subsecretaria de Administração Aduaneira da Receita Federal, o aumento no volume recolhido decorre do aperfeiçoamento das técnicas de controle aduaneiro, com o uso intensivo de gestão de riscos, em que os agentes priorizam a fiscalização em cargas com mais risco de apreensões. A alta também se deve às ações de inteligência, quando o Fisco consegue identificar o transporte da droga com antecedência, e à integração com outros órgãos, como a Polícia Federal.
A Receita também aponta, como fatores que elevaram as apreensões de drogas, os investimentos em tecnologia, a capacitação dos servidores, a utilização de scanners e de cães farejadores e o próprio aumento das operações de fiscalização nas alfândegas.
Nos últimos quatro anos, a apreensão de cocaína registrou uma elevação considerável. O volume subiu de 2,5 toneladas em 2015, para 15,2 toneladas em 2016, 18,1 toneladas em 2017 e 31,5 toneladas no ano passado.

Decisão do STF de proibir prisão após 2ª instância gerou onda de repulsa

Manifestantes fazem ato contra decisão do STF sobre caixa 2 na Justiça Eleitoral

Levantamento nacional do instituto Paraná Pesquisas constatou a indignação generalizada dos brasileiros de todas as faixas etárias, dos três níveis de escolaridade e posições econômicas contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que vedou principalmente a prisão de políticos corruptos após condenação em segunda instância só para soltar Lula. Para 64,1%, isso fará a corrupção voltar com força. 
Maioria dos brasileiros de todas as regiões são favoráveis à prisão em 2ª instância, mas no Sudeste o percentual é maior: 65,1%.
O Paraná Pesquisas entrevistou 2.640 brasileiros em 166 municípios de todos os Estados e no Distrito Federal, entre os dias 11 e 13 deste mês.A enquete no site Diário do Poder é ainda mais eloquente: 99% de 9.880 votantes são favoráveis à prisão após condenação em 2ª instância.

Grupo de Whatsapp em universidade de Alagoas fala em fuzilar e depois queimar direitistas

Grupo de Whatsapp em universidade de Alagoas fala em fuzilar e depois queimar direitistas

Tratar “fascista e imperialista” na ponta do fuzil, dar tiro na cabeça, no peito, e ainda queimar o corpo “para garantir”, estão entre as pregações de um grupo de mensagens de Whatsapp identificado como membros do do curso “História Geral”, da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). O discurso de ódio, de conotação claramente esquerdista, foi registrado durante comentários do grupo sobre a renúncia do cocaleiro Evo Morales da presidência da Bolívia, após fraudar as eleições para manter o cargo.
No grupo da Uneal prega-se a intolerância e a violência sem saber, por ignorantes, que se utilizam dos métodos fascistas que criticam.
“Quando a gente diz que facista [sic] e imperialista se trata na ponta do fuzil. A esquerda centrista acha ruim”, diz um deles em mau português.
Outra radicaliza ainda mais: “Um tira [sic] na cabeça e um no peito pra ter a confirmação”. Um terceiro reforça: “Depois queima só por garantia”.
A leitura das mensagens mostra como fazem falta a essa turma estudar História de fato e, se possível, também revisitar a Cartilha do ABC. 
A informação é da coluna do jornalista Cláudio Humberto.

sábado, 16 de novembro de 2019

FALTA DE ÁGUA - Sanepar avisa a falta de água em Rosário do Ivaí

Imagem relacionada

A Sanepar informa que, no domingo (17), o desligamento de energia programado pela Copel pode afetar o abastecimento de Rosário do Ivaí. O município vai ser atendido com caminhão pipa durante a realização do serviço, que começa às 8 horas. A normalização do fornecimento de água está prevista para o período da noite. Clientes que possuem caixa-d'água não devem ser afetados. 

A Sanepar lembra que, de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter reservatório com capacidade para atender as necessidades dos moradores por, no mínimo, 24 horas. A caixa-d'água deve armazenar pelo menos 500 litros. A Sanepar pede que a população utilize água de maneira racional, evitando desperdícios. 

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. Para consultar esta e outras informações, use o aplicativo para celular Sanepar Mobile ou acesse sempre o site da Sanepar: www.sanepar.com.br.

Jovem que sofreu AVC após ser agredida em Ponta Grossa recebe alta do hospital

Franciele Gonçalves foi internada em estado grave após ser agredida neste domingo (3) — Foto: Arquivo Pessoal

A jovem que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) após ser agredida, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, recebeu alta do hospital nesta quinta-feira (14). Franciele Gonçalves, 22 anos, ficou internada durante 11 dias.

A vítima foi socorrida e internada em estado grave no dia 3 de novembro. Segundo a Polícia Civil, o ex-marido dela, João Carlos dos Santos, é suspeito de ter agredido Franciele. Ele está preso.

Após as agressões, a jovem chegou a ficar internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Regional de Ponta Grossa.

Nesta sexta-feita (15), amigas de Franciele fizeram uma manifestação contrária à violência contra a mulher. O movimento se reuniu no centro da cidade.

Suspeito preso

O suspeito João Carlos dos Santos se apresentou à polícia dois dias depois do crime. Ele prestou depoimento e foi liberado. Ainda na mesma semana, o suspeito foi detido após a Justiça expedir um mandado de prisão preventiva.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi até a casa da jovem para conversar, quando começou agredi-la com chutes e socos.

Segundo a investigação, o suspeito levantou Franciele e a arremessou contra o chão, o que fez com que ela batesse a cabeça em um meio-fio.

A defesa de João Carlos do Santos nega que houve agressão e reforça que, em depoimento, o homem disse que a jovem se machucou ao cair durante um empurra-empurra.

Homem é preso com R$ 45 mil, arma e rádios transmissores após ser denunciado por violência doméstica em Umuarama

Dinheiro, arma e rádios transmissores foram apreendidos pela polícia em Umuarama — Foto: PM/Divulgação

Um homem, de 37 anos, foi preso com R$ 45 mil após a noiva denunciá-lo por violência doméstica em Umuarama, no noroeste do Paraná, na madrugada desta sexta-feira (15), de acordo com a Polícia Militar (PM).

A PM encontrou também arma de fogo e rádios transmissores. A polícia afirmou que o dinheiro seria do contrabando de cigarros.

A mulher disse aos policiais que tinha brigado com o noivo e que ele a ameaçou com uma arma de fogo.

Em um primeiro momento, de acordo com a PM, os policiais não encontraram a arma, mas a mãe da mulher denunciou que no sótão do imóvel estaria escondida a pistola.

O suspeito foi autuado por lesão corporal - violência doméstica e familiar contra a mulher, posse irregular de arma de fogo e munição e uso irregular de aparelho telecomunicação.

A polícia informou que o suspeito tinha passagens por contrabando e tráfico de drogas

Jovem morta a tiros mandou foto e avisou a mãe que estava sendo perseguida pelo ex-namorado

Adrielli foi morta com cinco tiros em São Manuel  — Foto: Facebook/ reprodução

A jovem Adrielli Rodrigues, de 22 anos e que foi morta com quatro tiros no peito em São Manuel (SP) na tarde de quinta-feira (14) mandou uma mensagem para mãe minutos antes de ser baleada dizendo que estava sendo perseguida pelo ex-namorado.

Na mensagem, Adrielli Rodrigues mandou uma foto do ex, Cristiano Gomes, em uma moto. A mãe da jovem, Kate Cilene Roberta da Cruz, contou à reportagem da TV TEM que a filha tinha acabado de registrar um boletim de ocorrência contra Cristiano por agressões e ameaças na delegacia e pedido uma medida protetiva.

Na mensagem, ela fala para mãe que agora tinha provas de que ele a perseguia. A jovem foi atingida após sair da delegacia, quando estava em uma motocicleta na quadra 1 da Rua Francisco da Cruz Mellão, onde o suspeito estaria esperando ela passar.



Segundo a polícia, ele disparou cinco vezes e quatro tiros atingiram Adrielli. Ela chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital das Clínicas de Botucatu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de quinta-feira.

Após os disparos, o suspeito fugiu. Cristiano teve a prisão preventiva decretada e foi preso nesta sexta-feira (15).

O velório de Adrielli foi realizado na tarde desta sexta-feira (15) e o enterro está previsto para as 8hrs deste sábado (16), no cemitério do distrito de Aparecida de São Manuel

Governo e oposição no Chile fazem acordo para convocar plebiscito

Governo e oposição no Chile fazem acordo para convocar plebiscito

O plebiscito será o primeiro passo para uma nova Constituição que substitua ou modifique substancialmente a que está em vigor desde 1980 e foi aprovada durante a ditadura de Augusto Pinochet.
Uma nova Constituição era uma das reivindicações dos protestos que tomaram o país desde 18 de outubro.
A persistência e a força do protesto social que mantém os chilenos em tensão convenceram os líderes dos partidos políticos da necessidade de realizar negociação para escolher os mecanismos para a reforma constitucional.
A rebelião estudantil contra o aumento das passagens de metrô, o embrião da reação popular, rapidamente se tornou uma demanda massiva que denunciou as desigualdades sociais em um país que até recentemente era tomado como exemplo de desenvolvimento pelos defensores do neoliberalismo.
Nas praças das grandes cidades do Chile, a maioria das manifestações foram pacíficas. Entretanto, foram contabilizados pelo menos 22 mortos, milhares de feridos e detidos, além do registro de saques, incêndios e danos materiais milionários. (ABr)

Bolsonaro sobre fim do DPVAT: "Quem quiser seguro pode procurar seguradora.

Jair Bolsonaro (PSL), presidente da República - Isac Nobrega/PR

Em transmissão semanal ao vivo no Facebook, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), abordou também a extinção do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT). O presidente ressaltou que o DPVAT foi extinto por medida provisória, que pode caducar ou ser rejeitada no Congresso, e o seguro voltar a valer. "Quem quiser fazer um seguro pode procurar a seguradora; tudo o que é obrigatório não é bom", ressaltou, ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que citou a seguradora do banco como uma opção..

A decisão de Bolsonaro de extinguir o DPVAT atingirá em cheio os negócios do presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE). Desafeto do presidente da República, Bivar é o controlador e presidente do conselho de administração da seguradora Excelsior, uma das credenciadas pelo governo para cobertura do seguro DPVAT. Saída do PSL A desfiliação do presidente Jair Bolsonaro do PSL será nos próximos dias. O anúncio foi feito pelo próprio presidente na transmissão semanal ao vivo no Facebook. Bolsonaro afirmou, no entanto, que a separação é "amigável" e chegou a agradecer "todo o apoio e consideração" que teve "até o momento" no partido. Ele ainda desejou "boa sorte" a Bivar.

"Lançamos aqui, não de forma oficial ainda, o novo partido Aliança pelo Brasil. Está em estudo ainda. A única certeza é que me desfilio nos próximos dias do PSL", disse Bolsonaro. "Cada um segue o seu destino, como uma separação. Infelizmente, acontece na vida da gente; já me separei uma vez, estou no segundo casamento", afirmou. "Vão ser felizes, todo mundo", disse..